Comunidad 100% Cristiana

Autor Tema: Luiz Arcanjo-2009  (Leído 618 veces)

0 Usuarios y 1 Visitante están viendo este tema.

Halcon de Fuego

  • Visitante
Luiz Arcanjo-2009
« en: Domingo 28 de Ago, 2011, 13:49:47 pm »


1. Samba Pra Deus
2. Amore Mio
3. Gadara
4. Gadara É Assim
5. Fé
6. Amor Pra Dizer
7. Alguém Como Eu
8. Cada Estação
9. Viver O Amor
10. Pó
11. Perdão


descargar Luiz Arcanjo 2009.zip - 79.2 MB

https://www.mediafire.com/?jmmjhdzzmgn

Brasileiro, casado com Ângela aló e pai de Ariel Arcanjo, Compositor, músico, poeta, autor de canções que tem alcançado o Brasil e vários países do mundo como E.U.A, Japão, Inglaterra, Portugal, Israel (…) no decorrer dos 7 últimos anos junto ao Grupo Toque no Altar que em 2007 passou a se chamar Grupo Trazendo a Arca.

Somente no final de 2009, Luiz Arcanjo resgata um sonho antigo que já morava em seu coração e seus planos. Lançar seu primeiro Cd em carreira solo.

A proposta do CD solo de Luiz Arcanjo é alcançar os que ainda não vivem a fé em Cristo. As 10 faixas vêm com uma linguagem menos “comum” para os participantes do Reino, mas sempre direcionada ao amor de Deus e sua justiça.

“Percebi que algumas pessoas têm uma dificuldade grande de entender a linguagem do Reino” disse Arcanjo. O adorador esclarece que quando há um bloqueio para compreender o que se está falando, o desinteresse pelo assunto é fato.

De acordo com Luiz, o desafio dessas canções é conseguir passar a linguagem da Bíblia de uma forma não tão religiosa, que possa ser entendida por aquele que não é crente.

“Quero que a pessoa que não é crente entenda e identifique, por exemplo, que uma determinada música está falando de perdão”, explica. Embora o próprio Arcanjo reconheça que o trabalho é um desafio, tem plena consciência de que, se não ousar, jamais conhecerá o novo de Deus nessa geração. “A expectativa é muito boa, pois tanto evangélicos quanto não evangélicos já estão gostando do CD”, comenta.

O cantor investiu trazendo os melhores músicos do meio secular, e na hora da gravação um dos seus propósitos foi alcançado: “Juliano, guitarrista que já tocou para Fábio Jr, em um certo momento se sentiu tocado pela música ‘Alguém como eu’ e parou para perguntar que música era aquela”, relata. Arcanjo confessa que pagou mais tempo da hora de estúdio mas entendeu o que Jesus queria ali.

Cd este que traz novidades, que vão dês do estilo das canções que partem de uma tendência bem brasileira como MPB, Samba, aos músicos de nome e expressividade no cenário musical popular brasileiro que marcaram presença nas gravações e na ficha técnica.

Contendo canções de autoria própria e parcerias com amigos e nomes conhecidos no meio Gospel aliados a uma produção de altíssimo nível.

Poesia e realidade são apresentadas em um formato, diferente dos padrões do cenário gospel. Tendo como proposta a reavaliação dos conceitos e acrescentar ao povo brasileiro em geral o gosto por sua própria música além de assuntos que são diariamente discutidos por toda parte, crítica social?

Sim, mas acima de tudo poesia e boa música que são características marcantes do artista e é a chave que abrem a porta do coração das mais distintas das pessoas “- Acredito que nada mais será visto como antes”.

Uma das músicas citadas pelo cantor é a ““Gadara”, que trata da questão do endemoninhado, do gadareno. Na canção fica claro o egocentrismo do povo daquele lugar. A canção conta com a participação especial do Pregador LUO.

“Às vezes, fazer o bem para alguém vai causar um prejuízo financeiro aos olhos de uma pessoa mesquinha. No texto do gadareno, o rapaz foi liberto, mas os donos dos porcos mandaram que Jesus se retirasse da cidade. Em outras palavras, eles estavam dizendo que preferiam os porcos”, comenta.

Amor, paz, igualdade. Assuntos discutidos por políticos, artistas, famosos, religiosos, programas de TV, anônimos, cristãos, ateus, iguais e diferentes são abordados no disco de uma forma muito suave e realista.

O lançamento desse Cd é mais que somente realização de um sonho, é um desafio muito grande que tem permissão de Deus…e potencial para ser um marco na história da indústria musical brasileira.